Seu tapete limpo e bonito!

Seu tapete limpo e bonito!

Para manter seu Tapete Limpo veja os cuidados com a limpeza que são indispensáveis.

Para começar com a limpeza, a ajuda do aspirador de pó é muito bem vinda. Após aspirar todo o pó encontrado no tapete, umedeça todo o tapete a aplique sabão neutro diluído em água e com uma escova macia limpe o tapete. Depois disso, deixe-o secar a sombra.

Tapetes artesanais precisam de um cuidado maior, podendo ser feita a impermeabilização. Para retirar manchas do tapete, como manchas de batom, utilize benzina após remover o excesso; manchas resultantes de cera de vela são removidas com a ajuda de uma folha de papel e um ferro de passar morno; mofo é facilmente removido com a ajuda de um pano úmido.

Procure evitar sujar seu estofado e seu tapete, assim você desfrutará de um ambiente confortável, limpo e cuidado com muito carinho.

Guia do sofá – Como escolher o sofá ideal para o seu lar?

Guia do sofá – Como escolher o sofá ideal para o seu lar?

Qual lugar da sua casa é o mais utilizado e ocupado a maior parte do tempo? Aposto que respondeu o sofá da sala. Por isso, hoje vou lhe mostrar como escolher o sofá ideal para o seu lar, de maneira que agrade a sua família.
Quando decoramos o ambiente que vivemos, desejamos aproveitar o máximo de espaço possível, bem como trazer maior conforto e comodidade. Mas, para obter completa satisfação, é importante escolher os móveis de boa estrutura e qualidade para evitar trabalho e futuras despesas com reparos e reformas.
Como o sofá é usufruído por toda a família, pelos amigos e pelas visitas, vale a pena investir em um de boa qualidade. Na hora de comprar o móvel, você deve ficar atento ao destino que se dará o sofá, se para assistir televisão ou relaxar, se exclusivamente para receber visitas, ou se ele servirá para todas as ocasiões, bem como ao espaço disponível, ao material que o compõe, ao modelo, tamanho, estilo, cor e muitos outros detalhes.
Ainda, devemos atentar ao perfil dos moradores, caso seja solteiro, ou apenas um casal ou se destinará a uma grande família.
Pensando em facilitar sua vida, selecionamos algumas dicas para você seguir na hora de adquirir um sofá. Vamos lá?

cropped-estofamentos-estofador1.jpg

Orçamento
Existem sofás de vários tamanhos e modelos, bem como várias faixas de preço. Antes de iniciar sua pesquisa, você deve ter em mente o quanto poderá investir, pois de nada adiantará ter o trabalho de escolher um, se você não puder pagar por ele.
Espaço disponível
Saber o tamanho do ambiente em que se pretende colocar o sofá é fundamental. Para evitar transtornos, tire as medidas exatas do lugar em que ele será posicionado e fique atento ao equilíbrio: o sofá deve ocupar um espaço sem que prejudique a circulação e o conforto das pessoas.
Para ambientes pequenos, o sofá de canto com dois assentos é ideal, pois, como seu formato é em “L”, ele se ajusta facilmente em qualquer lugar. Assim, são fáceis de serem adaptados à sala de estar.
Precisa receber amigos ou parentes para passar o fim de semana? O sofá-cama é prático, pois é uma forma de ter um quarto de visitas em um lar pequeno. Durante o dia é um sofá normal, que compõe a decoração da sua sala, e, durante a noite, vira uma cama.
Já para ambientes grandes, pode-se abusar e utilizar um sofá maior com mais assentos e que venham com chaises.
Quanto à funcionalidade, é importante levar em conta o número de pessoas que habitam a casa:
Para os solteiros
Para quem mora sozinho, um sofá grande, com vários assentos, só servirá para ocupar muito espaço e terá pouca utilização. Assim, um de dois lugares é o suficiente.
Para os casais
Quando a vida é a dois, o tamanho deve ser levado em conta, mas o principal é o conforto, pois o sofá será utilizado para assistir a filmes, para noites românticas ou para receber alguns amigos. Assim, um sofá de dois lugares com assento retrátil é perfeito para a sessão de pipoca. Se a intenção é receber muitos amigos, o casal pode ter um sofá um pouco maior, de dois lugares e chaise.
Para as famílias grandes
Tratando de famílias maiores, o sofá deve ser grande e muito confortável, pois será nele que todos ficarão a maior parte do tempo em que estiverem em casa. O ideal é que os lugares sejam espaçosos, como um de dois e três assentos

Mas se o objetivo é sempre reunir a família para assistir televisão, um sofá de três lugares com chaise e puff é perfeito. Os modelos em que todos os assentos são retráteis são ideais para não dar briga, pois assim todos ficam deitados e confortáveis.
Agora que já sabe qual o tamanho ideal para a sua sala, você deve ficar atento aos diferentes tipos de materiais que compõem os sofás, bem como suas especificidades:
Estrutura do sofá
Quanto à densidade: A densidade da espuma do sofá é muito importante. Um sofá firme é mais resistente e confortável. Assim, a densidade ideal da espuma deve ser de 23 a 28 g/cm³. Para as casas em que residem pessoas idosas ou com peso maior, é melhor que seja em torno de 33 g/cm³.
Quanto à estrutura: A estrutura do sofá deve ser bem firme e resistente. O ideal é que molas de aço ou percintas façam parte da composição. As percintas são tiras largas e elásticas fixadas com presilhas de aço para sustentar a espuma, conferindo maior maleabilidade.
Quanto à altura: A altura que traz maior conforto é aquela que permite que seus pés encostem ao chão.
Quanto ao encosto: Se o objetivo é passar muito tempo no sofá, o ideal é optar por um sofá que tenha encosto mais alto, para que se possa apoiar e descansar o pescoço.
Quanto ao tipo de revestimento: A decisão pela escolha do revestimento de um sofá é muito importante, mas dependerá do estilo e gosto de cada um. Há muita variedade: tecido (linho e algodão), sintéticos, microfibras, fibras naturais e fibras sintéticas, lã e pele genuína. Enfim, todos os tipos de revestimento possuem vantagens e desvantagens, ficando a critério de cada um a escolha.
Quanto à cor: Muito pessoal, a cor deve agradar bastante, caso contrário poderá enjoar. Os tons neutros são mais práticos e fáceis de combinar, permitindo uma conjugação com o restante do ambiente, podendo acrescentar cores através de almofadas e mantas, por exemplo. Já os tons mais fortes trazem modernidade e deixam o ambiente mais vivo. Assim, dependerá de toda a decoração restante, das cortinas, do tapete, dos móveis. O importante é deixar o ambiente harmônico e aconchegante.
Almofadas
As almofadas fazem parte do sofá, e podem ser soltas ou fixas. Existem sofás com encosto fixo ou removível, bem como o assento com almofadas fixas ou soltas. Dependerá do modelo e da preferência de quem adquire.
Almofadas soltas: Os sofás com almofadas soltas possuem a vantagem de serem mais fáceis de limpar. Há a possibilidade, ainda, de poder variar as cores, pois é possível revesti-las com capas, por exemplo. Ideal para casa com crianças, pois as capas podem ser colocadas e retiradas para lavar.
Almofadas fixas: As almofadas fixas trazem como vantagem o fato de não acumularem sujeira entre uma e outra, como a poeira e restos de comida, além de objetos.
Nada de levar travesseiros para assistir aos filmes na sala! Alguns modelos de sofás vêm com almofadas extras que compõem o conjunto. Elas são muito práticas para serem usadas como encosto ou apoio para a cabeça.
Adquirir um sofá ideal é uma tarefa que exige cuidados na hora da escolha, pois você deve ficar atento a todos esses detalhes. A beleza é importante, mas o fundamental é o conforto que ele proporcionará a praticidade e a utilidade, pois comprar um sofá inadequado para o espaço, para o ambiente e para os seus objetivos só trará dor de cabeça.
Assim, fique atento a todas essas dicas e escolha um sofá que combine com o seu estilo e da sua família, que tenha em primeiro lugar qualidade e comodidade! Pois o importante é você estar em casa e sentir-se bem!

Conservação e Limpeza dos Sofás

Conservação e Limpeza dos Sofás

Poeira
– Remover a poeira com aspirador de pó ou com pano macio e seco.

Líquidos (café, leite, refrigerante, bebidas alcoólicas, água)
– retirar imediatamente com pano macio ou papel absorvente, sem friccionar;
– deixar secar naturalmente;

Produtos gordurosos (óleos, azeites, creme e chocolate)
– remover imediatamente com tecido ou papel absorvente, sem friccionar;
– deixar secar naturalmente;

Recomendações importantes:
– proteger da exposição direta da luz solar;
– não utilizar objetos pontiagudos e abrasivos, bem como solventes, evitando assim danos irreversíveis ao material.

Dicas Limpeza Estofamento Carros

Dicas Limpeza Estofamento Carros

A limpeza interior do carro é tão importante quanto sua limpeza externa. Afinal, adianta pouco deixar o carro brilhando após uma lavagem se os estofados estão cheios de poeira. Quem tem filhos pequenos sofre ainda mais com manchas de comida ou de canetas. É importante deixar o carro sempre limpo e arejado para evitar a proliferação de mofo.

Fique sempre atento às manchas de gordura e não demore para limpá-las

O que usar

• Aspirador de pó
• Sabão neutro
• Água
• Escova
• Álcool
• Removedor de cutículas

Passo a Passo

1. Passe o aspirador de pó uma vez por semana nos bancos do carro;

2. Se encontrar manchas, passe uma escova com sabão neutro sobre a sujeira. Esfregue levemente em movimentos circulares, para não danificar o tecido. O sabão neutro é eficaz na limpeza de líquidos cremosos, como sorvete, e limpa também manchas de batom ou graxa;

3. Para limpar manchas de canetas esferográficas, misture um pouco de álcool a um removedor de cutículas e aplique sobre um pano seco. Passe com delicadeza sobre a mancha e deixe secar;

4. Se o estofado for de couro e tiver manchas de gordura ou tinta, passe um pano limpo com sabão neutro. Para manchas insistentes, procure uma pessoa especializada e faça um tingimento;

5. Manchas de arranhões em estofados de couro podem ser suavizadas com o uso de cera da mesma tonalidade. No banco do carro, aplique uma quantidade mínima e deixe secar bem;

Dicas

Você pode fazer uma impermeabilização nos estofados de seu carro. A técnica consiste na aplicação de um líquido impermeabilizante capaz de proteger o carro da sujeira e da umidade por até três anos.
Atenção

• Evite deixar o carro exposto ao sol. Se os bancos do carro forem de couro, o material ficará ressecado e quebradiço com o tempo;

• Não utilize vaselina ou silicone na limpeza dos bancos de couro. Estes produtos penetram no material, prejudicam sua conservação e atingem a cola, soltando a forração.

Vale a pena reformar o sofá?

Vale a pena reformar o sofá?

O tecido está desgastado, o assento afundado, mas a estrutura do sofá é boa? É um bom começo para você pensar em reformar o seu sofá. Walid Abdouni, proprietário da Kyowa Tapeçaria, explica que existem diversos casos em que é preferível uma recuperação a comprar outro móvel.

“Quando são de boa qualidade, vale a pena. Os mais antigos, por exemplo, são feitos com madeiras resistentes, como a peroba rosa, coisa que não existe mais no mercado. Hoje, as estruturas são de pinus, madeira bem mais frágil, que não suporta ser desmontada e remontada”, explica Walid.

O próximo passo é se preocupar com o profissional que vai recuperá-lo. “Tapeçaria é arte. Precisa ser alguém de confiança. Depois de pronto, se não ficar bom, precisa refazer ou, dependendo do erro cometido, o sofá pode ficar irrecuperável.”

download

O que é possível fazer?
Todas as partes do sofá podem ser substituídas: tecidos, molas e espumas são comumente trocados e o estofado fica como novo. É possível, também, aumentar ou diminuir o tamanho da peça. Dependendo do modelo, um móvel pode ser diminuído ou aumentado. Basta retirar ou acrescentar um assento.

“Se for um tapeceiro bom, ele pode até mudar o formato do braço: tirar as curvaturas dos modelos antigos e deixá-los retos, que são mais atuais. Com conhecimento, também dá para tirar vincos do estofado”, diz Walid.

Francisco Melo, da Decoramelo, diz que reformar sempre sai mais barato. “Os móveis de lojas populares, não aconselho. Mas os de boa estrutura, sim”. Mas, atenção: se perceber que há pó de madeira sob o móvel, pode ser cupim. Isso não impede a restauração, mas é importante que a praga não tenha abalado a estrutura e o móvel passe por uma descupinização, se compensar.

Qual tecido escolher?
A designer Karina Salgado, do escritório In House Design de Interiores, diz que é preciso considerar vários pontos ao escolher o novo tecido.

“Se o sofá é o destaque do ambiente, fica bonito usar uma estampa ou um tom liso com personalidade. Do contrário, para não brigar com outros móveis, opte por tons neutros”, aconselha ela. “Se for uma peça muito usada, opte por tecidos sintéticos ou mistos, para facilitar a limpeza; se há crianças, prefira cores escuras.”

Ao escolher o tecido, repare na espessura. Se o que você gostou for muito fininho, não precisa desistir. “Os pouco espessos têm menos resistência. Mas existe uma maneira de torná-los mais fortes: colar outro pano por baixo do tecido. Este processo se chama dublagem, muito utilizado nas sedas”, explica Melo.

Estampas e cores
Para não errar, tons de cinza e bege combinam com tudo. As estampas, dependendo do estilo, podem ser misturadas, mas a designer pede cuidado. “Coordene listras com florais ou desenhos geométricos, seguindo sempre a mesma gama de cores. Se o ambiente já tem muitas estampas e você quer ainda mais, melhor ficar com as listras.”

Karina diz que estas estampas citadas por ela estão todas em alta, assim como as cores amarelo, chumbo, berinjela, laranja e turquesa. Misturar os tecidos e forrar assento com um padrão e encosto com outro também vale. “Fica interessante, despojado”, considera Karina.

Por fim, cuidado com modismos. Pense se você vai poder trocar o tecido, caso enjoe rápido. Mas a designer defende que é bom arriscar. “Usar um modelo tradicional não tem erro, mas se a vontade é comprar algo diferente, não há problema. O que vale é estar feliz agora”, encerra.

Reforme seu Estofado com Garantia !

Reforme seu Estofado com Garantia !

Suede e Suede Amassado

Suede é um tecido de poliéster de alta resistência a fricção, com acabamento tipo flanelagem imitando a pele de camurça. O Suede, também é considerado um dos melhores tecidos para sofás, mas, como todo bom tecido, exige alguns cuidados na hora da limpeza. confira!

suedes1 ) LIMPAR IMEDIATAMENTE APÓS MANCHADO , USANDO UM PANO SECO OU PAPEL ABSORVENTE , PRESSIONE SOBRE A MANCHA PARA QUE ELA NÃO SE ESPALHE . NUNCA ESFREGUE COM ESCOVA OU PANO COM MUITA FORÇA , POIS A MANCHA PODE SE ESPALHAR E DANIFICAR O TECIDO.

2 ) CASO A MANCHA NÃO TENHA SAÍDO TOTALMENTE , PASSE UM PANO UMEDECIDO EM ÁGUA E SABÃO NEUTRO . REMOVA O SABÃO COM PANO DE ALGODÃO EMBEBIDO EM ÁGUA FRIA.

3 ) PARA MANCHAS MAIS RESISTENTES , PREPARAR SOLUÇÃO A BASE DE ÁLCOOL , SABÃO NEUTRO EM UM LITRO DE ÁGUA MORNA , MÁX 10ºC , OU UMA SOLUÇÃO DE ÁGUA E VINAGRE BRANCO EM IGUAIS PROPORÇÃO ( 50 / 50 ) . TESTE A SOLUÇÃO DE LIMPEZA EM UM ÁREA PEQUENA , POUCO VISÍVEL E SE ELA NÃO MANCHAR OU ALTERAR A COR , APLIQUE-A SOBRE A MANCHA COM MOVIMENTOS LEVES E RÁPIDOS , TOMANDO CUIDADO PARA NÃO SATURAR O TECIDO .RETIRE O EXCESSO DA SOLUÇÃO DE LIMPEZA COM PANO ABSORVENTE E DEIXE SECAR COMPLETAMENTE ANTES DE USAR NOVAMENTE . QUANDO TRATAR À ÚMIDO , NUNCA DEIXE A PARTE COM RESINA EM CONTATO COM ELA MESMA , POIS TENDE A GRUDAR E CONSEQUENTEMENTE DESPRENDER A RESINA FORMANDO BURACOS.

4 ) NÃO ESCOVAR O TECIDO , NEM UTILIZAR QUALQUER ACESSÓRIO DE ASPIRADOR DE PÓ QUE CONTENHA ESCOVAS GIRATÓRIAS . A AÇÃO DE ESCOVAS PODE CAUSAR DANOS PERMANENTES ÀS FIBRAS DO TECIDO , ALÉM DE ALTERAR AS SUAS CARACTERÍSTICAS.

5 ) NÃO USAR DETERGENTES , ALVEJANTES , PRODUTOS CLORADOS OU PRODUTOS ABRASIVOS.

6 ) NÃO LAVAR.

7 ) NÃO PASSAR A FERRO.

8 ) LUZ SOLAR DIRETA POR LONGOS PERÍODOS , IRÁ DESBOTAR E ENFRAQUECER O TECIDO E CONSEQUENTEMENTE DESPRENDER A RESINA PLÁSTICA . OBSERVAÇÃO : QUANDO UMA LIMPEZA MAIS INTENSA FOR NECESSÁRIA , NÃO FAÇA POR CONTA PRÓPRIA , PROCURE UMA EMPRESA ESPECIALIZADA . TECIDOS DE MALHAS LIXADAS ( IMITAÇÃO DE VELUDO ) POSSUEM UMA CARACTERISTICA COMUM QUE É O SENTIDO DO PÊLO ,CONFORME O ÂNGULO DE VISÃO TEM-SE IMPRESSÃO DE MUDANÇA DE TONALIDADE . ISSO NÃO E DEFEITO . CUIDADOS RECOMENDADOS:

• NÃO LAVAR
• NÃO ALVEJAR / NÃO BRANQUEAR
• NÃO SECAR EM TAMBOR / NÃO SECAR AO SOL
• NÃO PASSAR
• NÃO LIMPAR A SECO

É a aplicação de outro tecido no lado avesso, deixando-o mais incorpado. Pode ser de dois tipos: Fina – indicada para estofados onde será utilizado processo normal com costura. Grossa – indicada para forração de paredes ou estofados onde se utilizará a cola.

Como tirar manchas de caneta dos tecidos?
Manchas de caneta são muito difíceis de serem removidas e não há nenhum produto específico para isso, o correto é procurar uma lavanderia especializada.

Quais tecidos podem ser impermeabilizados?
A maioria dos tecidos podem ser impermeabilizados, a contra indicação é apenas para tecidos sintéticos com PVC e Poliureteano, como os isocouros. Para saber se o tecido pode ser impermeabilizado, basta fazer um teste: pingue algumas gotas de água sobre o tecido e verifique se ele absorve, em caso positivo, pode impermeabilizar sem problemas, em caso negativo, o tecido não deverá ser impermeabilizado.

O que é impermeabilização?
É um processo que utiliza resinas que permitem o bloqueio dos poros do tecido, para repelir e impedir a passagem de líquidos.?

O que é pré-encolhimento?
É um processo que pré-encolhe o tecido, diminuindo a porcentagem de encolhimento no uso. É indicado para tecidos de algodão que encolhem muito após a lavagem. Quando o tingimento foi feito de forma desigual, caracterizando um defeito ou quando o tecido absorve a tinta de forma diferente em certas regiões, neste caso é uma característica do tecido e não é considerado defeito, ocorrendo em sua maioria, em tecidos estampados à mão.

O que é trama?
É o fio horizontal que constitui o tecido. É o fio vertical que constitui o tecido.

Algodão é indicado para área externa?
Não. Os tecidos que indicamos para área externa são os acrílicos impermeabilizados.